Encontrar o vestido ideal não é fácil! Mesmo sendo uma pessoa muito segura de si, a partir do momento em que a oferta é variada e as expetativas estão elevadas, vai ver que vai ser assolapada com muitas indecisões e dúvidas. Ora, juntando isto ao nervoso miudinho que é legítimo tendo em conta a situação, é normal que sinta que pode enlouquecer a qualquer instante. Para que tal não aconteça, nada como saber de antemão o que deve e não deve fazer quando chegar a altura de escolher 'O' seu vestido de casamento.

Cada um é como cada qual
Que é como quem diz... a jornada da sua amiga que se casou, nada tem a ver consigo. Ou seja, aceite as recomendações das suas amigas próximas, mas não se prenda nem desmoralize caso as coisas não resultem da mesma forma que correu com elas. A sua amiga ficou com o primeiro vestido que experimentou? Ótimo! Mas mentalize-se que consigo pode não funcionar da mesma maneira. Cada caso é um caso, cada pessoa tem uma tipologia de corpo diferente e gostos distintos portanto, não se prenda a convenções e faça o seu próprio caminho. Visite várias lojas, faça várias provas se for preciso e não desanime!

Faça o trabalho de casa
Não há nada pior que chegar a uma loja e ter de experimentar vários tipos de vestidos porque não se sabe ao certo do que se gosta. Assim, comece por ver revistas, sites, brochuras, o que seja, para saber as suas preferências. Recorte, imprima, junte, etc... para reduzir o leque de opções e saber o género que prefere. Atenção, não se empolgue nem fantasie em demasia, as imagens são só um fio condutor porque pode não encontrar o que viu nas lojas e não vale a pena ficar desapontada.

Orçamento
Um pouco como se deveria fazer nos saldos, estabelecer um teto de valores também a vai ajudar a delimitar a oferta. É conveniente que tenha em atenção todas as despesas do casamento para assim saber o quanto pode gastar. Não obstante, contemple também valores para sapatos, véu, lingerie, etc... para depois não ficar "descalça". Consulte também algumas costureiras e compare preços com vestidos de lojas.

Procurar com tempo
Assim que perspectiva que vai casar comece logo a sua jornada. Escolher 'O' vestido pode ser muito fácil ou demorar algum tempo e, para evitar dissabores de última hora ou stress acumulado, mais vale ir fazendo as coisas tranquilamente e não deixar para a última, correndo o risco de acumular com preparativos de última hora.

Seja paciente
De nada vale entrar num registo de "lá vou eu outra vez e não vou gostar de nada". Se não está no mood, mais vale não ir, até porque está a fechar-se a possibilidades, mesmo que inconscientemente. Seja positiva e tenha a mente aberta, até porque a loja A não é igual à B. Na senda, também de nada vale forçar o seu próprio gosto e contentar-se. Faça o seguinte exercício: visualize-se no dia do casamento com o vestido para ter a noção como se sente e se efetivamente é com ele que quer "desfilar".

Cuidado com as multidões
Se você já tem dificuldade em decidir sozinha, imagine com um batalhão a dar-lhe opiniões! Vá com uma ou duas pessoas próximas, sim, até porque terão uma visão diferente da sua e não estarão a lidar com a mesma pressão que você, mas evite muita gente para não a sobrecarregar nem deixar confusa.

Mudanças físicas
É perfeitamente legítimo e normal querer estar na melhor forma física para casar, no entanto, deverá ter muita atenção para as mudanças drásticas. Primeiro, não faz nada bem à sua saúde e segundo, pode fazer com que reajustes tenham de ser feitos, o que significa mais trabalho e o resultado final deixar de ser o expectável. Não compre tamanhos abaixo na esperança de caber no dia do casamento e, caso queira emagrecer, faça-o gradualmente e atempadamente.

Conforto
Conforto não significa peças casuais, normais ou aborrecidas. Ficou linda e maravilhosa com o vestido que experimentou, mas quando dá dois passos tem de o ajeitar? De que vale um vestido esplendoroso se depois não lhe permite desfrutar da pista de dança do casamento? Ou passear entre as mesas para conversar com os convidados? Conforto significa estar bem na peça que se está a usar por isso, nada como optar por vestidos que se identifiquem mais com o seu estilo no dia a dia.

Acessórios 
Sempre que for experimentar vestidos leve uns sapatos consigo porque será mais fácil visualizar como é que um vestido cai com uns sapatos altos. Na senda, se a sua ideia é depois calçar uns ténis para poder dançar à vontade no grande dia, nada como os levar também para ter noção. Na senda, levar um soutien semelhante ao que quer usar no dia é também uma boa opção.

Fotografias
É natural que queira tirar fotos do vestido que vai levar, no entanto, é importante lembrar que são provas e que o resultado final nem sempre será o mesmo. As diferenças não serão assim tão discrepantes, mas ainda assim é bom não dar muita importância às mesmas.

Em cheio
Por mais vestidos que veja, não se preocupe... vai haver um deles que será o perfeito! Amor à primeira vista! Ainda que possa ser um pouco complicado, vai ser como outra peça de roupa: olha e pensa "é isto!".

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.