Setembro significa voltar à rotina e às tarefas diárias, principalmente para quem tem crianças que estão em idade escolar.
Tempo e horários nem sempre são fáceis de conciliar para os pais, por isso muitos optam por colocar os seus filhos em atividades extracurriculares, não só como solução a este problema, mas também pelos benefícios que estas dão às crianças.
As atividades extracurriculares completam a educação dos mais novos, aproveitando assim o tempo livre da melhor forma, evitando passar demasiado tempo em frente à televisão ou com outro tipo de tecnologias, podemos assim relacionar-se com outras crianças e desenvolver diversas capacidades cognitivas, como a aprendizagem de valores como o respeito pelos outros e a cooperação.
Não se esqueça que é muito importante não sobrecarregar o seu filho, e escolha de acordo com as habilidades e gosto próprio da criança, pois se o seu filho vê a atividade como uma obrigação, o mais provável é que a enfrente negativamente.
A Strazzera apresenta-lhe algumas sugestões, das mais variadas atividades extracurriculares, indicando as características, a idade indicada para iniciar e a que tipo de criança melhor se adequa.
Xadrez
O xadrez é uma atividade que permite o desenvolvimento do raciocínio lógico, aumentado assim a capacidade de concentração, suscita a toma de decisões e o sentido de responsabilidade. É indicado para crianças com dificuldades de atenção ou concentração, sendo a melhor idade para iniciar o xadrez a partir dos 6 ou 7 anos.
Saiba mais sugestões na página seguinte

Dança e Ballet
Para crianças que gostam de se expressar e o facto de ter público em seu redor não ser de todo um problema, a dança e o ballet são duas atividades ideais para elas. Dando início por volta dos 6 anos, ajuda a melhorar a coordenação motora, o equilíbrio, elasticidade, postura e a perceção do espaço.
Desportos individuais
Desportos como judo, ténis, artes marciais, ginástica, atletismo e a natação são algumas atividades que sugerimos e que ajudam as crianças a desafiarem-se a si próprias e às capacidades que julgam não ter. Ainda desenvolve a sua psicomotricidade, coordenação, força e reflexos. A idade ideal para começar alguma destas atividades é aos 6 anos, indicado para crianças inseguras e com peso a mais, de forma a que pratiquem desporto de forma divertida.
Desportos de grupo
Tal como nos desportos individuais, os coletivos como futebol, basquetebol, andebol e o vólei, entre outros, ajudam as crianças a fomentarem o trabalho em equipa e a socialização. A idade ideal para começar alguma destas atividades é aos 6 anos e é indicado também para crianças inseguras e com peso a mais.
Idiomas (Inglês, Francês, etc.)
Os idiomas ampliam as possibilidades no futuro das crianças, facilitando futuras aprendizagens de outros idiomas e atividades devido à maior capacidade desenvolvida, ajudando assim a aprendizagem de novas línguas. É ideal para qualquer criança, a partir dos 4 ou 5 anos de forma sistemática.
Informática
Permite desde cedo a familiarização com ferramentas como a internet e o computador. É ideal para qualquer criança a partir dos 4 anos.
Saiba mais sugestões na página seguinte

Música e Movimento
Ideal para crianças sensíveis à música, que gostem de cantar ou tocar algum instrumento. Desde os 18 meses é aconselhável, pois desenvolve as capacidades musicais de maneira lúdica, aprendem a conhecer o som, a explorá-lo e a manipulá-lo.
Pintura e Desenho
Para crianças tranquilas e que demonstrem sensibilidade artística é uma excelente atividade. Ajuda no desenvolvimento da criatividade, da expressão artística e da própria sensibilidade.
Teatro
Para crianças tímidas é perfeito para superarem essa timidez, pois além de desenvolver as capacidades criativas, comunicativas e expressivas, contribui para a desinibição e para a socialização da criança. Ideal para começar a partir dos 6 anos.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.