À medida que o tempo vai avançando, é inevitável. O número de manchas na pele também vai aumentando. Duas leitoras concorreram a um passatempo da Ultimate Beauty e ganharam um tratamento anti-manchas oferecido pela revista em parceria com a Clínica Dermage, em Lisboa. Durante cinco meses estiveram aos cuidados da dermatologista Alexandra Osório e os resultados não deixam dúvidas.

É mesmo possível vencer a luta contra as manchas. Saiba porquê! Para Inês Belchior, 42 anos, o problema ia para além das manchas. «O que mais me incomodava na pele era os sinais e as manchas que eram muito grandes, principalmente no inverno, quando a pele fica mais clara e se vêem mais», critica. E, apesar do incómodo transitório causado por alguns tratamentos, não podia estar mais satisfeita com os resultados obtidos.

«Não esperava ficar com aquele aspeto depois do tratamento a laser. Fiquei com muitas crostas, o que dava um aspeto um pouco doente. Tinha que ter uma grande preocupação em pôr os cremes recomendados e muito protetor solar», revela. Mas o resultado final compensou. «As manchas estão menos escuras e a rosácea, mesmo sem maquilhagem, já não se nota », assegurava, no fim.

Por ser arquiteta paisagista, o seu trabalho constante no exterior fez com que a sua pele tenha estado exposta de uma forma excessiva ao sol, potenciando danos cutâneos. Segundo Alexandra Osório, a pele de Inês belchior, na altura com 38 anos, apresentava, em resultado dessa exposição excessiva, sinais de rosácea nas regiões malares e dorso do nariz, verrugas seborreicas e nevos dermoepidérmicos dispersos pelo rosto, ligeiros lentigos (sinais superficiais) e ainda pequenas hiperpigmentações.

O tratamento levado a cabo nesta paciente teve um custo total de 3.400 €, um valor pouco acessível à maioria das bolsas. Mas, no final, o balanço é francamente positivo, como reforça a especialista.«O objetivo proposto, eliminar as manchas e as discromias [alterações na coloração] do rosto fotoenvelhecido, foi atingido», assegura Alexandra Osório. Inês Belchior confirma. «Faria os tratamentos de novo», afirma mesmo.

O tratamento passo a passo

1. Com recurso a laser CO2, foram realizadas duas sessões para evaporação e eliminação das verrugas seborreicas, nevos e lentigos.

2. Com recurso a laser Neodimium-Yag, foram feitas quatro sessões para eliminar as telangiectasias faciais.

3. Seguiu-se o fotorejuvenescimento global de toda a face com a utilização de filtros para comprimentos de onda diferentes permitiu eliminar a rede vascular dérmica e estimular a produção de colagénio e de elastina.

4. Depois, foi feito um peeling Easy-TCA. Foram realizadas quatro sessões com o objetivo de lutar contra o fotoenvelhecimento, estimular a produção de neocolagénio e eliminar as hiperpigmentações superficiais, para obter uma pele hidratada, mais luminosa e rejuvenescida.

5. O tratamento terminou com várias limpezas de pele médicas com aplicação de máscaras despigmentantes e anti-aging.

Veja na página seguinte: Os tratamentos complementares que Inês Belchior fez em casa

Os tratamentos complementares que Inês Belchior fez em casa

Para otimizar os resultados, Inês Belchior complementou o tratamento, diariamente, em casa, através da aplicação de produtos das seguintes gamas de dermocosmética:

- Bderm, creme com ácido hialurónico puro para hidratar intensamente a pele

- Revolution, aplicação de creme despigmentante, creme para peles com rosácea de efeito antivermelhidão e anti-idade, contorno de olhos com efeito antiolheiras e antiedema e ainda patch para contorno de olhos com efeito antioxidante e antirrugas

- Bionike, protetor solar aplicado diariamente, várias vezes ao dia

- Hialuronic Plus, suplemento alimentar de ácido hialurónico puro para hidratar a pele e estimular os níveis de colagénio

Outro caso de sucesso

Para Glória Pereira Sousa, 50 anos, a grande preocupação residia nas manchas que a pele do seu rosto apresentava em locais muito visíveis. «Não sou escrava da beleza, mas as manchas incomodavam-me, principalmente a do nariz, que cada vez que me via ao espelho, parecia que ia saltar», desabafa. Portanto, há quatro anos, não hesitou perante a oportunidade de se submeter a um tratamento para travar os efeitos do fotoenvelhecimento.

Até porque, na sua opinião, a grande maioria das técnicas utilizadas não causaram dor ou qualquer tipo de desconforto, à exceção do laser. «Talvez por ter sido um pouco mais intensivo, foi um pouco doloroso mas nada que fosse totalmente insuportável», recorda. Hoje, assume-se, por isso satisfeita com os resultados. «A mancha do nariz ainda se nota mas, segundo a médica, com o tempo e a continuação da aplicação dos cremes, a tendência é que esta diminua», diz.

«A da maçã do rosto quase não se vê. Faria tudo de novo», assegurava então. Segundo Alexandra Osório, a pele de Glória, de fototipo II, manifestava um fotoenvelhecimento moderado com discromias faciais (alterações na coloração). «Essencialmente, apresentava dois tipos de lesões faciais. As áreas rosadas com telangiectasias que representam rosácea de grau I e lesões hiperpigmentadas (manchas epidérmicas superficiais e verrugas seborreicas)», descreve.

Após os tratamentos efetuados ao longo dos cinco meses em que durou a intervenção, que tiveram um custo total de 2.580 €, considera que Glória Pereira Sousa conseguiu «uma cara mais bonita, luminosa, sem discromias faciais, o que confere um ar de equilíbrio, beleza e saúde da pele», conclui a especialista.

Veja na página seguinte: O tratamento que Glória Pereira Sousa fez passo a passo

O tratamento passo a passo

1. Limpeza de pele médica com máscara despigmentante, um procedimento que permitiu eliminar as manchas acastanhadas e aumentar a penetrabilidade dos produtos.

2. Aplicação de laserterapia CO2 para eliminar manchas e verrugas seborreicas.

3. Com recurso a IPL (luz intensa pulsada), foram efetuadas quatro sessões de fotorrejuvenescimento com filtros específicos para secar os vasos dérmicos característicos da rosácea.

4. Por fim, com recurso a um peeling Easy TCA, foram realizadas quatro sessões para eliminar as hiperpigmentações, alisar a pele, fechar os poros e tornar a pele mais luminosa e hidratada.

Os tratamentos complementares que Glória Pereira Sousa fez em casa

Para otimizar os resultados, Glória Pereira Sousa utilizou em casa os seguintes produtos de dermocosmética:

- Oxigène Forte, um creme anti-olheiras de ação rápida (via interna) contra os excessos de fadiga que se repercutem na aparência física

- Revolution, com uma fórmula intensiva com vitamina C, ácido lipoico e DMAE, que confere um choque antiaging à pele (To Age), contorno de olhos com efeito antiolheiras e antiedema e patch de olhos descongestionante para tratar o edema das pálpebras

- Bionike, sérum que protege a integridade dos capilares, para tratar a rosácea (Defense Rosys)

- Hyaluronic Plus, suplemento alimentar de ácido hialurónico e ceramidas que melhora a pele e as articulações

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.