Não se está a exagerar quando se diz que a maior parte das mulheres já passou por situações em que alguém, que geralmente é o parceiro, já a questionou ou a fez duvidar de algo que ele próprio fez. Estas questões passam por dizer que a mulher está a ser demasiado dramática, que é louca, que não existe motivo aparente para tanto alarido e, em alguns casos, chegam mesmo a questionar a memória da parceira, insistindo que não disseram ou fizeram algo quando na verdade foi exatamente o contrário.

A este tipo de comportamento dá-se o nome de Gaslighting, o mesmo nome de um filme onde se assistia a este tipo de comportamento por parte do homem em relação à mulher. Este pode ser qualificado como uma violência de controlo, também como uma violência psíquica ou até mesmo verbal.

O abusador tem por hábito distorcer, omitir ou até mesmo inventar outras informações que façam a vítima duvidar da sua própria memória, bem como da sua sanidade e pode chegar mesmo a afastar a mulher de pessoas conhecidas, convencendo-a de que isso é o melhor a ser feito.

Alguns dos comportamentos que podem identificar este problema são:

- O seu parceiro leva-a a pensar que está a ser incoerente, que está a inventar situações ou que está mesmo a ficar louca;

- Mesmo que tenha a certeza de algo, ele consegue fazer com que se sinta culpada por estar a acusar determinada pessoa, fazendo-a acreditar que está errada;

- Acaba por aceitar determinadas agressões por pensar que foi você que fez com que ele tivesse este comportamento;
- Ele trata-a como se fosse uma mentirosa;

- Está constantemente a negar os comportamentos negativos que tem consigo;

- Sabe que existe algo de errado no seu relacionamento, mas não sabe do que se trata;

- Tem dificuldades em tomar decisões simples sem o consultar;

- Ele acusa-a de ser ciumenta, possessiva ou até demasiado exigente;

- Desvaloriza as suas opiniões;

- Acusa-a de ter problemas de memória e manipula-a para fazer com que aceite determinadas coisas que não se lembra de ter dito ou prometido.

Se acabou de se identificar com algum sinal destes no seu relacionamento, é possível que esteja a ser vítima de gaslighting e por isso deve começar por livrar-se da pessoa com quem está. Caso não seja assim tão fácil porque já é uma relação de alguns anos ou não consegue, deve pedir ajuda a um familiar, um amigo mais próximo ou até mesmo a um psicólogo, pois estes podem fazer com que volte a acreditar novamente em si e consiga ser feliz!

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.