A notícia é avançada pelo jornal espanhol El País.

Os corpos de um homem e de uma mulher foram encontrados no sábado numa casa que ambos tinham arrendado em La Zarza-Perrunal, perto de Huelva, no sul de Espanha.

Segundo a Guarda Civil, no interior da casa estavam quatro crianças, fruto de relações anteriores da mulher.

As crianças, com idades entre os 5 e os 13 anos, conviveram pelo menos cinco dias com os corpos de ambos sem saber que estavam mortos. De acordo com as autoridades, as crianças estavam habituadas a ver o casal sob o efeito de drogas.

Quando foram descobertos por agentes da Guarda Civil, os corpos não apresentavam sinais de violência.

O alerta foi dado pela proprietário da casa que, na tentativa de conhecer os inquilinos, acabou por falar com uma das crianças que lhe disse que a mãe não conseguia abrir a porta porque estava "adormecida e muito fria".

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.