Segundo a força, a mulher, de 37 anos, foi levada ao Tribunal de Guimarães, para primeiro interrogatório judicial e aplicação das respetivas medidas de coação.

A 17 de junho, uma mulher de 37 anos atirou-se da ponte de Rio Covo Santa Eugénia, em Barcelos, com um filho ao colo.

Pouco depois, a mulher foi resgatada da água por um popular, que para o efeito utilizou o seu barco.

O filho acabou por morrer, tendo sido resgatado da água no dia seguinte.

Desde então, a mulher esteve internada em psiquiatria, tendo agora sido detida pela PJ de Braga, em cumprimento de mandado judicial.

Está indiciada por homicídio qualificado.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.