A Câmara de Oeiras cedeu instalações ao Centro Paroquial de São Julião da Barra para a criação de uma loja social, que irá recolher bens necessários para vender a preços baixos às famílias mais carenciadas. Segundo a autarquia, esta será a nona loja social do concelho, dando seguimento à "missão de contribuir para fazer face às situações de maior vulnerabilidade social", informa a Câmara. Depois de Carnaxide, Caxias, Cruz Quebrada-Dafundo, Oeiras e São Julião da Barra, Paço de Arcos, Linda-a-Velha e Porto Salvo, agora é a vez do Bairro do Pombal, também na freguesia de Oeiras, receber uma loja social. "Dada a pertinência da criação desta resposta na freguesia de Oeiras e São Julião da Barra e tendo em consideração a capacidade de gestão do Centro Social Paroquial de São Julião da Barra, a autarquia disponibilizou um espaço municipal para o efeito, em regime de comodato", lê-se no comunicado da autarquia. A nova Loja Social, pronta para entrar em funcionamento já em janeiro, irá vender peças de roupa, a preços baixos, que resultam de doações. "As roupas que recebem são lavadas e passadas pelos funcionários para estarem em perfeitas condições e por isso é que se cobra um montante que é quase nada", esclareceu fonte da autarquia.
9 de dezembro de 2011

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.