O dia 15 de fevereiro é um dia de sensibilização e em que são homenageadas as crianças e adolescentes que corajosamente lutam contra o cancro, os sobreviventes que superaram esta doença, as famílias que vivem e acompanham esta dura realidade e os profissionais, voluntários e médicos que dedicam a sua vida a esta causa.

Todos os anos cerca de 400 crianças e jovens são diagnosticadas com cancro em Portugal, isto quer dizer que todos os anos cerca de 400 famílias a quem o cancro pediátrico toca à porta, revela a Fundação Rui Osório de Castro (Froc) em comunicado.

O cancro infantil, por representar apenas cerca de 1% do total de casos registados de doença oncológica a nível nacional, é muitas vezes esquecido. Mas tem características bem distintas dos tumores nos adultos pois engloba vários tipos de cancro, cada um com a sua especificidade, alerta a Fundação.

Este ano que passou esteve muito presente na Assembleia da República, o que deixa muito satisfeitos todos os que trabalham nesta área. Como o decreto de lei 53/2017, que cria e regula o registo oncológico nacional, onde é incluído o pediátrico. A aplicação do que está descrito neste decreto de lei vai permitir finalmente haver dados atempados e com qualidade do que é a realidade da oncologia pediátrica em Portugal.

Também várias resoluções da Assembleia da Republica (n.º 22 a 26 /2018), publicadas agora no final de janeiro e que resultam em recomendações ao governo para que tome medidas legislativas ou regulamentares várias dentro da oncologia pediátrica.

Estas recomendações visam melhorar os cuidados prestados na área e também, através de apoios diversos, facilitar esta fase da vida destas crianças e das suas famílias. Este ano é preciso por estas medidas em prática, afirma a Froc.

No âmbito da discussão de temas relacionados com a Oncologia Pediátrica, a Fundação Rui Osório de Castro organiza no próximo dia 24 de fevereiro, sábado, o 4º Seminário e Oncologia Pediátrica no Hospital Pediátrico de Coimbra. A participação no Seminário é gratuita, mas a sua inscrição é obrigatória, podendo ser feita através do seguinte link https://goo.gl/forms/QPRjcDQRiIytSrCk1.

A Fundação Rui Osório de Castro (www.froc.pt) foi criada em março de 2009 por Maria Karla Osório de Castro e seus filhos, Catarina e Filipe, em memória e homenagem a Rui Osório de Castro, Marido e Pai.

Tem como objetivo principal apoiar e proteger as crianças com cancro e seus familiares concentrando a sua actividade em duas grandes áreas: INFORMAR, esclarecendo os pais e as crianças sobre questões relacionadas com o cancro infantil e PROMOVER a INVESTIGAÇÃO contribuindo assim para o avanço da medicina nesta área.

Em junho de 2010 é reconhecida como Instituição Particular de Solidariedade Social e de Utilidade Pública.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.