Se for aluno do Ensino Superior é provável que já lhe tenham aparecido anúncios destes nas redes sociais. Há vários sites na internet que comercializam serviços de produção de trabalhos académicos, sejam teses de mestrado, artigos científicos, monografias, relatórios, ensaios ou dissertações.

Segundo o jornal Expresso, que avança a notícia, a oferta é descrita de forma vaga, mas ao telefone é feita sem rodeios: "Fazemos tudo o que for preciso, incluindo a escrita integral", cita o jornal.

Num dos sites consultados pelo referido jornal, pode mesmo ler-se: "Aqui pode comprar ou encomendar o seu trabalho académico".

No caso de uma tese de mestrado, por exemplo, o serviço custa 800 euros, e há preços para várias carteiras. Tudo depende do serviço, da urgência e da língua em que se quer o serviço feito.

Apesar de se tratar de fraude académica, aos olhos da lei não é crime vender ou comprar um trabalho académico.

De acordo com um advogado consultado pelo semanário, há um vazio legal neste tema o que dá azo à prática sem punição deste tipo de "batota".

"Sem dúvida que constitui um ilícito disciplinar que pode levar à expulsão da universidade e à anulação do grau, segundo o regulamento interno de cada instituição. Mas pode não constituir nenhum crime, já que há um vazio legal nesta área", refere o especialista supracitado.

Veja ainda: Anda à procura do elixir da concentração? Coma estes 10 alimentos

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.