A Chamartin Imobiliária, empresa proprietária dos centros comerciais Dolce Vita, a Escola de Música do Conservatório Nacional e a Associação “Unidos de Cabo Verde” assinam hoje um protocolo com para a constituição da orquestra “Geração Dolce Vita”.
A orquestra será responsável pela formação musical, durante 3 anos, de 93 crianças do Bairro do Casal da Mira da Amadora.
As crianças são representativas de nove nacionalidades: Portugal, Angola, Cabo Verde, São Tomé, Guiné, Brasil, Congo, Moçambique e Senegal.
Os parceiros deste projecto de responsabilidade social pretendem com esta acção criar novas oportunidades para todas as crianças e famílias integradas nesta comunidade e acreditam que esta escola de música será um exemplo de sucesso na área de apoio ao desenvolvimento social.
A coordenação pedagógica será da responsabilidade dos professores da Escola de Música do Conservatório Nacional. A Associação Unidos de Cabo Verde disponibilizará as instalações para o funcionamento da Academia de Música Dolce Vita.
A Orquestra “Geração Dolce Vita” surge no âmbito da política de sustentabilidade do Grupo Chamartín, no intuito de promover junto das comunidades onde se insere, no caso concreto, através do Dolce Vita Tejo, na Casal da Mira (Amadora), redes de interacção entre a comunidade e as instituições locais, tomando parte activa nos projectos de desenvolvimento comunitário, contribuindo, assim, para o progresso social e cultural da área, informa em comunicado.
12 de Novembro de 2008
Veja ainda: Cerca de 50 mil jovens dançam contra o VIH/SIDA
Primeiro banco de leite materno abre em Janeiro
Ensine o seu filho a ser solidário
Um Modelo de Parque conta já com 14 espaços

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.