O comandante do Destacamento Territorial de Coimbra, capitão Campos, adiantou que o incidente ocorreu cerca das 09:00, por "razões ainda desconhecidas" das autoridades, mas que não se registaram feridos.

As ameaças ocorreram no Colégio da Imaculada Conceição, em Cernache, a sul de Coimbra.

"A patrulha da GNR foi chamada ao local, mas a professora e do diretor já tinham a situação dominada, tendo convencido o jovem a entregar a arma de fogo e as munições", disse.

Tratava-se de um revólver da marca "Tauros", calibre 32 mm, que estava carregada.

Segundo o capitão Campos, o aluno tinha introduzido "algumas munições no tambor" da arma e tinha outras na sua posse.

O menor foi depois transportado pela GNR para o Hospital Pediátrico de Coimbra, a fim de ser submetido a avaliação médica.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.