Esta sexta-feira, dia 11, a modelo Yasmin Brunet fez uso dos Instagram Stories para falar abertamente com os seguidores sobre a sua relação com o tabaco. O testemunho teve o intuito de incentivar outras pessoas a deixar o vício, com um exemplo de como é possível fazê-lo.

"Comecei a fumar muito cedo com as minhas amigas. Acho que tinha 13 anos. Toda a gente fumava, nessa altura era 'cool'. Queria ser aceite na escola, nesse grupinho de amigas", começou por contar.

A modelo brasileira referiu ainda que recorria aos cigarros para combater o stress e a ansiedade e foi ficando cada vez mais viciada. Contudo, refere que a sua relação com o vício era marcada por fases.

Aos 22 anos, largou completamente o hábito. "Subi um lance de escadas, fiquei sem ar e o meu coração começou a disparar. Fiquei com medo", recordou.

Para deixar de fumar, garantiu que não recorreu a nenhum método. "Força de vontade e determinação" são, na sua opinião, os fatores essenciais para o processo. Contudo, o ano passado, aos 31 anos, voltou a ceder durante um curto período de tempo e há seis meses que não fuma.

Atualmente com 32 anos, Yasmin revelou-se orgulhosa da sua decisão e garantiu que tudo se tornou melhor depois de abandonar este mau hábito. "É libertador", rematou.

Leia Também: Atirar beatas para o chão pode custar-lhe... 50 maços de tabaco

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.