A instituição de caridade dos duques de Cambridge doou 1,8 milhões de libras (quase dois milhões de euros) a algumas organizações que apoiam a saúde mental e têm ajudado os trabalhadores que estão na da linha da frente.

Dez instituições - Mind, Hospice UK, The Ambulance Staff Charity, Campaign Against Living Miserably, Best Beginnings, The Anna Freud Centre, Place2Be, Shout 85258, The Mix, YoungMinds - vão receber o apoio do casal real, como destaca a imprensa internacional.

Este contributo monetário também ajudará a dar apoio nas escolas, no que diz respeito à saúde mental.

"Nos últimos meses, todos ficamos admirados com o incrível trabalho que a equipa que está na linha da frente e as equipas de emergência têm realizado em resposta à Covid-19, mas sabemos que para muitos deles, para as suas famílias e milhares de outras pessoas no Reino Unido, a pandemia terá um impacto duradouro no que diz respeito à saúde mental", disse Kate Middleton, no início da semana, durante um evento oficial onde esteve a falar com alguns trabalhadores que estão na linda da frente.

Por sua vez, o príncipe William mostrou-se satisfeito por a sua instituição conseguir ajudar a dar apoio perante a pandemia.

Leia Também: Príncipe George, filho de Kate Middleton e William, celebra sete anos

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.