Segundo a agência noticiosa norte-americana Associated Press, o testamento de Bourdain foi aberto esta semana em Nova Iorque e indica que possuia 425 mil dólares em dinheiro, 250 mil dólares em bens pessoais e 500 mil dólares em direitos (royalties).

Bourdain, 61 anos, foi encontrado morto em 8 de junho no hotel em França, onde estava a roda um programa para a estação televisiva CNN, havendo a suspeita de que se suicidou.

Bourdain escreveu o seu testamento em dezembro de 2016 e nomeou a mulher, Ottavia Busia-Bourdain, como executora do mesmo.

O chef de cozinha deixou a Busia as milhas de voo acumuladas, os carros, a mobília e as jóias.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.