O pai de Meghan Markle, Thomas Markle, voltou a surgir na imprensa internacional mostrando a sua indignação pelo facto da duquesa de Sussex continuar a ignorar as suas tentativas de contacto.

Em entrevista ao Daily Mail, Thomas diz que a filha mudou de número de telefone desde que casou com o príncipe Harry e que, por isso, não consegue falar com ela há dez semanas.

“Estou muito magoado por ela ter me cortado da sua vida completamente. Eu tinha um número de telefone para entrar em contacto com os seus ajudantes pessoais no palácio, mas depois de eu ter criticado a família real por terem mudado a Meghan, eles ‘cortaram-me’”, disse, garantindo que os números que tinha deixaram de funcionar. “Não tenho como entrar em contato com minha filha”, lamenta o pai da esposa de Harry.

Meghan celebra o seu aniversário no próximo dia 4 de agosto e o seu progenitor diz estar arrasado com o facto de não ter como falar com ela ou enviar-lhe um cartão de aniversário. “Se eu enviar um cartão de aniversário ao Palácio de Kensington ou para qualquer lugar em que ela esteja a viver agora, será apenas um entre milhares. Ela provavelmente nunca o irá ver”.

Entre os receios de Thomas esta também a possibilidade da duquesa de Sussex o proibir de ver os seus futuros netos. “Talvez fosse mais fácil para a Meghan se eu morresse”, afirmou, sem perder a esperança de que a filha reconsidere e volte a aproximar-se dele. “Eu iria odiar morrer sem falar com Meghan novamente”, rematou Thomas Markle que, devido aos seus problemas de coração, acredita não ter muito mais anos de vida.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.