Gosta de viver em Madrid?
É uma vida completamente diferente daquela que tenho aqui em Lisboa. Sou uma estudante em "full-time" e este é um investimento para o meu futuro. Sinto que, até agora, as coisas estão a correr bem e espero vir a ser recompensada justamente por isso.
Como é ser uma portuguesa a estudar entre espanhóis?
É engraçado porque além de portugueses há muitas outras pessoas de fora. Madrid é uma cidade tão cosmopolita hoje em dia que encontramos pessoas de todas as nacionalidades. Há uma mistura interessante e eu não me sinto tão estrangeira quanto isso. Os espanhóis são muito acolhedores, simpáticos e para mim é óptimo pois conheço pessoas novas. Fui muito bem recebida.
Trabalhar no mercado espanhol poderá ser uma hipótese?
Para já não existe nenhuma proposta. Estou a investir na formação mas, sem dúvida que, no futuro, vou fazer algumas tentativas.
Porquê Madrid, quando tantas actrizes optam por Londres ou Nova Iorque?
Talvez por ser diferente... Gosto do mercado espanhol. Está mais próximo de nós e é um mercado que hoje em dia tem portas abertas para outros mercados internacionais. Por agora, é um bom lugar para se estar.
Em Madrid passa despercebida?
Às vezes, porque há imensos portugueses em Espanha. Se alguém me aborda na rua sigo o meu caminho. Outras vezes falo com eles porque estamos na mesma situação e há uma empatia ainda maior.
É para eles uma "sex symbol"?
Não sei! Só eles é que podem responder a isso.
Para quando um regresso a Portugal?
Eu estou sempre cá. Vivo entre Lisboa e Madrid mas não sei quando volto definitivamente. Também não sei se venho para Portugal ou se vou para outro país qualquer. Mas isto não impede que eu continue a concretizar trabalhos aqui em Portugal.
Mas vai estar presente em Janeiro na antestreia do filme "A Bela e o Paparazzo"?
Vou estar, certamente, mas antes disso venho cá passar o Natal junto da minha família. É tradição que assim seja.
Em sua casa são fiéis às tradições?
Sim, é um Natal muito tradicional. Comemos o bacalhau, os doces tradicionais e abrimos juntos os presentes.
A vida em Madrid é muito solitária?
Pode ser uma vida solitária, mas tenho uma vida muito preenchida com aulas todos os dias. Conheci pessoas novas, colegas sobretudo, por isso também tenho vida social, se bem que é muito diferente daquela que tenho aqui. Obviamente que tenho alguns momentos solitários, mas não gosto muito de me entregar a eles
Não encontrou um namorado espanhol?
(risos) Não!
Continua solteira?
Prefiro não fazer comentários sobre a minha vida amorosa.  
A Soraia mantém o seu contrato de exclusividade com a SIC?
Sim...
Mas em Portugal tem apostado mais no cinema?
Sempre admiti que sou apaixonada pelo cinema, mas isso não me impede de aceitar projectos em televisão. Simplesmente nos últimos tempos isso não tem acontecido.
A Soraia está visivelmente mais magra desde a última vez que a vimos em Portugal. Fez alguma coisa por isso?
Não fiz nada de especial. Talvez seja porque estou bastante activa e ando de um lado para o outro a estudar, de manhã à noite. Confesso também que a comida espanhola já me cansa. Agora já não alinho tanto no presunto e nas tapas, que no início são apetecíveis. Ando a controlar-me!

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.