Sérgio Rossi encontrava-se na Austrália, por motivos profissionais, quando as fronteiras se fecharam devido à pandemia de Covid-19 e este se viu impossibilitado de regressar a Portugal de avião.

Agora, dois meses depois de ter ficado retido, o músico conseguiu finalmente, com a ajuda de amigos, voltar ao nosso país.

"Parece que encontrei uma porta de saída num aeroporto deserto (graças aos melhores, eles sabem quem são). Obrigado, família do coração, estão todos gravados na minha história de vida e tatuados no meu coração e no tempo até à eternidade", escreveu o irmão de Romana na legenda de um conjunto de fotos que retratam o momento em que embarcou.

"Dois meses e muito depois de ter chegado um 'Sérgio Rossi' à Austrália, está agora de partida, um outro 300 vezes mais fortalecido e enriquecido espiritualmente. O fundo do meu fundo enriqueceu em cada momento que privámos juntos e a minha essência saiu fortalecida neste confinamento forçado. Obrigado a todos. Como não gosto de despedidas, isto será apenas um até já... Deus vos abençoe (e à minha 'avioneta' também). Tinham que vir buscar o Rossi", completou.

Leia Também: Sérgio Rossi continua preso na Austrália. "É muito difícil estar longe"

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.