Mariana Monteiro foi a protagonista de hoje do programa da SIC 'Alta Definição'. Na conversa com Daniel Oliveira a atriz abordou vários assuntos, começando, por exemplo, pela pausa de um ano que decidiu fazer recentemente na sua carreira e na importância que esta acabou por ter a nível pessoal.

"Percebi que com uma pausa grande me precisava de nutrir, de fazer outras coisas, de ir a outros lugar. Foi um reencontro, voltar a mim e à minha essência. Enquanto pessoa e artista tinha de ter esse tempo de reflexão", sublinhou.

Posteriormente, Mariana realçou a importância da reflexão e da busca interior para superar os seus próprios medos. No seu caso, o medo que tem da sua morte e daqueles que a rodeiam sempre a afetou. "Claro que é uma coisa normal, mas passamos tão ao lado do tema, que isto se torna mais difícil de aceitar. Tenho sempre esta coisa que não é só isto. Como sabemos, o medo só é ultrapassado enfrentando e é isso que tenho feito".

Questionada ainda por Daniel Oliveira o que considerava ser uma mulher bem amada, Mariana realçou. "Ser bem compreendida", fazendo questão de dizer que esta era uma característica que englobava muitas facetas.

Posteriormente acrescentou: "O amor e a paixão acontecem com uma série de coisas. Sentido de humor, uma pessoa bem-disposta dificilmente não vai criar empatia".

"Tenho sido coerente no meu percurso. Não tenho exposto em demasia o meu lado pessoal. Irei sempre gerir de forma humanamente saudável. Acho que somos respeitados quando nos damos ao respeito", completou.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.