Vai continuar a trabalhar com a Plural e com a TVI mas vai deixar de receber os 7.000 € por mês que recebia até agora, estivesse ou não com projetos em mãos. Apenas quatro meses depois de ter sido mãe pela primeira vez, Sara Prata acaba de ser informada que o contrato de exclusividade que tem com o canal de Queluz de Baixo não será renovado. A notícia é avançada na edição desta semana da revista TV Guia, que revela que a atriz de 36 anos ficou a saber da decisão de Cristina Ferreira nas últimas semanas.

A diretora de entretenimento e ficção da estação, que também é acionista e vogal do conselho de administração do grupo Media Capital, esteve reunida com a artista, que não tem, para já, motivos para se preocupar. Sara Prata está escalada para a próxima telenovela da TVI, que também conta com a participação de Inês Castel-Branco, Pedro Sousa e Marina Mota. As gravações deverão prolongar-se durante cerca de nove meses. Antes de enveredar pela representação, a atriz trabalhou como manequim.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.