Salma Hayek recordou numa nova entrevista à revista Total Film o conselho que ouviu de vários realizadores, que lhe disseram que tinha de "parecer mais burra e falar mais rápido".

A atriz, de 53 anos, revelou que a sua formação como atriz foi colocada de lado muitas vezes pelos realizadores de Hollywood.

"Infelizmente, nunca tive muitas oportunidades de fazer parte de projetos onde pudesse usar muitas das coisas que aprendi", desabafou Hayek. "Os realizadores diziam-me: 'Mais burra e mais rápida. Parecer mais burra e falar mais rápido'", contou.

Recorde-se que Salma começou a carreira no seu país natal, no México. Em 1991 mudou-se para Los Angeles para seguir a arte de representar. A sua estreia em Hollywood chegou em 1995, quando Robert Rodriguez e Elizabeth Avellan escolheram a atriz para um papel ao lado de Antonio Banderas, em 'Desperado'.

Desde então, Hayek interpretou vários papéis de sucesso, especialmente no filme 'Frida', pelo qual recebeu um Óscar em 2002.

A atriz é casada com François-Henri Pinault, com quem tem uma filha em comum, Valentina, de 12 anos.

Leia Também: "Sinto que estou em prisão domiciliária mas sem pulseira eletrónica"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.