Rita Rugeroni partilhou uma atualização sobre o seu estado de saúde depois de ter sido operada ao ombro.

A radialista confessa que tem tido algumas dores e que se depara para já com algumas dificuldades: "Não consigo apertar os atacadores, cortar um bife, esticar a franja, vestir-me, conduzir, por pasta de dentes na escova, nem manteiga nas torradas".

"Ontem tomei uma coisa para as dores chamada tramadol e um minutos depois parecia que tinha bebido uma garrafa de vodka. Foi mesmo estranho, senti-me drogada, mas ao mesmo tempo como se me tivessem injectado adrenalina. A cabeça não parava de pensar em mil coisas ao mesmo tempo. Aquilo não é suposto pôr uma pessoa a dormir?", questiona ao relatar o episódio.

Ainda assim, Rita assegura que "a operação correu bem". Segue-se, para já, "um mês com o ombro imobilizado e mais quatro em fisioterapia".

Por fim, o agradecimento pela onda de amor de amigos, família e seguidores que a acompanham no Instagram e na rádio. "Obrigada mesmo. Amo-vos", termina.

Leia Também: Débora Neves, do 'Big Brother', faz alterações ao rosto. O antes e depois

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.