A decisão acaba de ser tomada pelo tribunal. O rapper Tekashi 6ix9ine foi libertado da prisão, estando agora obrigado a permanecer em casa por causa da pandemia do novo coronavírus, como revelam os documentos legais, esta quinta-feira.

A ordem veio do juiz Paul Engelmayer, que disse que o artista devia ser libertado "de imediato".

O rapper vai agora cumprir o resto da sentença em casa, numa morada aprovada pelo oficial de justiça, e será controlado através de um GPS.

"Deve permanecer na sua residência, excepto para procurar qualquer tratamento médico necessário ou para visitar o advogado, nesse caso com aviso prévio e a aprovação dos oficiais", escreveu Engelmayer, citado pelo Page Six.

O pedido foi assinado esta quarta-feira, mas os documentos só foram tornados públicos no dia a seguir.

Uma ordem que chega depois de repetidos apelos dos advogados de Tekashi para que o seu cliente fosse libertado, uma vez que sofre de asma e podia ficar em risco de vida caso fosse infetado com a COVID-19 na prisão.

Recorde-se que no ano passado o artista declarou-se culpado por nove crimes. Na altura, o rapper disse em tribunal que se uniu ao Nine Trey Bloods, admitindo que ajudou membros do gangue a tentarem matar um rival numa tentativa de “aumentar a sua posição” no grupo.

Leia Também: Preso, rapper YNW Melly testa positivo para a Covid-19

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.