O príncipe Philip foi operado ao coração esta quarta-feira. O comunicado emitido pelo Palácio de Buckingham refere que o procedimento, que teve lugar no St Bartholomew's Hospital, "foi um sucesso" e que foi para tratar "uma condição cardíaca pré-existente".

Segundo a BBC, o duque de Edimburgo está internado há cerca de duas semanas e deverá permanecer "em tratamento, descanso e recuperação durante mais alguns dias."

Ainda ontem a sua nora, Camila, disse aos jornalistas durante a visita a um centro de vacinação em Londres que o sogro "melhorou levemente", tendo ainda recebido a visita do filho, Carlos, e do neto, William.

Recorde-se que o marido de Isabel II se encontra hospitalizado desde o dia 16 de fevereiro. Na altura foi transportado de carro para hospital King Edward VII, em Londres, após sentir-se indisposto onde ficou sob observação. Mais tarde foi admitido no St Bartholomew's Hospital, conhecido por ter o maior departamento cardiovascular especializado da Europa, para a realização de testes.

Também em dezembro de 2019, dois anos após retirar-se da vida pública, Philip foi hospitalizado também como medida de precaução para tratar uma condicao pré-existente.

Devido à pandemia, a rainha Isabel II e o príncipe Philip têm passado grande parte do confinamento na sua residência em Windsor, sendo que no mês passado o casal foi vacinado contra a COVID-19.

É de salientar que a 10 de junho o duque de Edimburgo celebrará o seu centenário.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.