Jorge Nuno Pinto da Costa e Filomena Morais já estão oficialmente divorciados, o que deixa o presidente do FC Porto com o caminho livre para dar o nó com a sua atual namorada, Fernanda Miranda.

O divórcio foi decretado pelo Tribunal de Família e Menores, mesmo sem a notificação de Filomena Morais, que se encontra a viver em Moçambique, baseado na evidência de que o casal não partilha vida em comum há mais de um ano.

Filomena não terá a direito a receber qualquer bem por parte do ex-marido, uma vez que assinou um acordo pré-nupcial em que prescindiu de todos os bens pertencentes a Pinto da Costa.

Um acordo que nem sequer teria sido necessário, uma vez que quando os dois se casaram o dirigente portista tinha já 70 anos e, segundo a lei portuguesa, quando um dos cônjuges já ultrapassou os 60 anos os bens são sempre separados, independentemente da vontade do casal.

Recorde-se que Pinto da Costa e Filomena Morais deram o nó pela primeira vez em 1998, quando a filha de ambos, Joana, tinha 11 anos e voltaram a casar-se em 2007, depois de terminada a conturbada relação do líder dos “dragões” com Carolina Salgado.

Em 2010, Pinto da Costa e Filomena romperam definitivamente a sua relação, depois de o presidente portista se ter perdido de amores pela brasileira Fernanda Miranda.

O casalinho está agora livre para dar o nó e aumentar a família – desejo já manifestado pela jovem de 25 anos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.