Depois de anos de carreira cheios de sucesso, Pablo Alborán decidiu afastar-se das luzes da ribalta. Esta foi uma decisão que surpreendeu os seus fãs e que agora foi explicada numa entrevista dada pelo artista espanhol.

Foi num dia de concerto (…) quando saí para beber água recordo-me que abracei a Esperanza, que trabalha comigo e disse: ‘Quero ir para casa’. Ela olhou para mim e disse: ‘Tu queres ir para casa? Amanhã vamos’. Vou terminar o que tenho e mudar o ‘chip’, mas preciso de desconectar, preciso de voltar à calma. Teria a cabeça no próximo disco, para poder compo-lo com tempo, sem pressa, sem data… precisava de viver um pouco e de me esvaziar”, ressalva.

No programa ‘El Hormiguero’, Alborán explicou ao público que regressou à sua cidade natal - Málaga - para se reunir com a família e amigos: “Voltei a estudar músicas, a estar em casa, com os meus amigos de toda a vida e encontrar a normalidade”, sublinha

Pablo revelou ainda que o seu pior inimigo até ao momento era ele mesmo e que por isso precisava de ultrapassar todas as barreiras.

Agora, após quase dois anos de ausência, o cantor regressa à música com o novo disco 'Saturno y No vaya a ser'.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.