Na onda de homenagens que continuam a ser feitas a Maria João Abreu, Ricardo Carriço quis também lembrar a atriz, que à semelhança do que aconteceu com muitas pessoas do mundo do espetáculo, também foi marcado pelo bondade e gentileza da atriz.

"Deixou um buraco. Um lugar que é impossível de ocupar. A Maria João era alguém que preenchia mas de forma discreta. Sentíamos a presença dela de uma forma tão boa, natural, solidária", afirma.

"A última vez que trabalhei com ela foi no 'Golpe de Sorte'. Tive uma cena complicada e ela entrou em estúdio, agarrou-me nas mãos e disse-me 'estamos aqui para ti'", lembra com carinho.

Por fim afirma: "Não sei se voltará a aparecer uma atriz assim tão grande como a Maria João".

Leia Também: Atores da TVI ficaram "em choque" ao saberem da morte de Maria João Abreu

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.