Madonna comentou as acusações de abusos sexuais contra Michael Jackson saindo em defesa do falecido cantor.

As declarações surgiram a propósito de um documentário - ‘Leaving Neverland’ sobre o ‘rei da pop’ que reuniu o testemunho de dois homens, Wade Robson e James Safechuck, que garantem ter sido vítima de abusos em criança pela estrela.

“Para mim as pessoas são inocentes até que se prove o contrário”, afirmou a cantora.

“Por isso a minha atitude quando me contam coisas sobre outras pessoas é: ‘consegues provar isso?’”, sublinhou, numa entrevista à revista Vogue.

“Essas pessoas estão a pedir dinheiro, há algum tipo de extorsão a acontecer? Teria tudo isso é consideração”, sugeriu.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.