Este sábado, dia 25 de junho é o aniversário da morte de Mickael Jackson. O cantor partiu em 2009 e segunda revela a imprensa internacional, os últimos momentos de vida do artista estão retratados no livro do empresário Mark Langthorne e do escritor, Matt Richards, intitulado de ‘83 minutos: A tragédia dos momentos finais de Michael Jackson’.

A publicação relata as horas finais do ‘Rei da Pop’, desde o momento em que o médico Dr. Conrad Murray's deu a última dose do remédio – Propofol, até aos instantes de pânico em que tentou reanimar o artista.

O livro conta também como os filhos de Michael, Paris, então com 11 anos, e Prince, com 12, - Blake, com sete (não estava presente) reagiram ao momento. De acordo com a publicação, Prince estava parado ao pé da porta, próximo do quarto onde estava o cantor, "a chorar com um olhar chocado ao ver o pai caído no chão".

Quanto a Paris "estava de joelhos, a gritar 'papá' e a chorar histericamente".

Murray tentou tirar as crianças do quarto, enquanto gritava: "Não deixem que eles vejam o pai deste jeito", quando colocou o cantor na cama, com a boca aberta.

Foi no hospital UCLA Medical Center, que Michael Jackson foi declarado morto.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.