A Lili Caneças é sempre muito reservada na sua vida pessoal. Quer dizer-nos como vai isso de amores?
Não tenho namorado. Acho que a sensação de amar e ser amada é, talvez, a melhor sensação que existe na vida. Mas, de facto, não há ninguém por quem eu sinta um "clic" e tenho imensa pena!
Quando foi a última fez que se apaixonou?
Eu tenho uma paixão da minha juventude que vou manter até ao fim da vida sem nunca dizer quem é esse homem. É tipo Gabriel Garcia Marques em "Amor em Tempo de Cólera". É uma paixão da juventude, um homem que amei no passado mas com quem nunca tive nada. É uma paixão platónica e acho que assim vai continuar até ao fim da minha vida. Sei que ele esta lá e que se um dia eu lhe disser que preciso de alguém que me faça um carinho e que me ame, sei que faço um telefonema e que essa pessoa estará lá me apoiar.
Tem então uma pessoa que a abraça quando a Lili quer?
Não é bem assim. Mas não posso pensar que vou acabar a minha vida sem ter alguém que me toque, que me dê um beijo, que cheire a minha pele e que me sinta. Nesse aspecto sou como as crianças e estou sempre à espera que venha o amor. Mas também quando olho à minha volta, vejo que será difícil encontrar esse amor em Portugal. Cada vez estou mais exigente, não gosto de pessoas que fumem, não gosto de imensas coisas...
Perdeu a esperança?
No outro dia, num site, li uma coisa muito engraçada que me ficou na memória: encontrar uma pessoa com formação universitária, bonita, com idade adequada à minha e que goste de algumas coisas de que eu goste, é uma tarefa quase impossível. A possibilidade de isso acontecer não ultrapassa os 0,0001 por cento. Mas eu sou tão criança, com tanta esperança na vida, que acho que esses 0,0001 por cento um dia vão acontecer.
É uma mulher feliz?
A minha vida é fantástica. Eu já nasci fantástica, loura, bonita, não muito burra e tive um berço fantástico. Acho que sou uma pessoa muito feliz num mundo de pessoas infelizes. Gosto imenso de viver. Como sou uma pessoa "abençoada por Deus e bonita por natureza", como diz a canção, sou privilegiada e tenho que dar graças a Deus todos os dias. Sou muito feliz e muito abençoada. Aproveito, de facto, cada minuto como se fosse o último.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.