Lady Gaga lançou este ano o álbum 'Chromatica' e foi o processo criativo que serviu de mote para a sua mais recente entrevista à People. A cantora abriu o coração para confidenciar que este trabalho a 'salvou' do estado de amargura que enfrentava.

A cantora afirmou que enfrentou uma depressão profunda e que não "gostava de ser ela mesma". "Senti-me ameaçada pelas coisas que a minha carreira trouxe e pelo ritmo da minha vida", disse ainda.

Mas a paixão pela música devolveu-lhe o sentido à vida que procurava e o trabalho para este novo disco foi a 'bóia de salvação'.

"Passei muito tempo num estado catatónio, sem vontade de fazer nada. Então depois, lentamente, comecei a fazer música e a contar a minha história através do álbum", recordou.

Leia Também: Lady Gaga recorda Amy Winehouse em data especial

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.