Há seis anos, Lady Gaga lançava o single «Born this way». Um tema que, para muitos, inclusive para Madonna, tem demasiadas semelhanças com «Express yourself», o segundo tema extraído do álbum «Like a prayer», editado em 1989. Na altura, a cantora recusou-se a comentar o caso publicamente mas na tournée «The MDNA Tour», em 2012, misturou as duas canções, como se tivessem a mesma base musical.

Uma opção criativa que magoou Lady Gaga. «Sempre admirei Madonna e sempre a admirarei, independentemente do que ela pensa sobre mim. A única coisa que me deixa triste no meio disto tudo é que eu sou italiana e sou de Nova Iorque, logo quando tenho um problema com alguém, digo-o na cara da pessoa», critica a intérprete de êxitos como «Bad romance» e «Poker face» no documentário que fez para a Netflix.

«Pouco importa o respeito que tenho por ela enquanto artista [mas] nunca deixarei de pensar que ela não me olhou nos olhos para me dizer que a minha canção era um plágio de uma outra... Não, eu soube-o através da televisão», critica a artista em «Gaga: Five Foot Two», disponível na plataforma digital de conteúdos desde a passada sexta-feira. Um documentário intimista que tem recebido boas críticas.

Texto: Luis Batista Gonçalves

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.