Kanye West aprendeu a lidar com o seu transtorno bipolar. O rapper de 41 anos defendeu que o sucesso da sua carreira se deveu ao facto de ter aceite cada parte de si e da sua identidade, inclusive a doença mental que lhe foi diagnosticada há algum tempo.

"Acho que é importante para nós termos conversas abertas sobre a saúde mental – especialmente comigo sendo negro. Porque nunca tínhamos terapeutas na comunidade negra. Nunca éramos levados a tomar medicação", reflete

“Acho que foi bom quando tive um ‘apagão’ completo aos cinco anos de idade, a minha mãe não me medicou totalmente. E havia momentos em que eu era feliz e pelo menos sabia”, recorda.

Kanye ainda falou das controvérsias que têm estado presentes ao longo da sua carreira. “As pessoas precisam de se expressar à sua maneira sem serem julgadas”, defendeu.

De recordar que um dos pontos que tem gerado mais críticas ao músico é o facto deste se ter assumido apoiante de Donald Trump, atual Presidente dos Estados Unidos.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.