Esta quinta-feira, Jonathan Davis, vocalista dos Korn, decidiu abordar pela primeira vez em público a morte da mulher, Deven Davis, que faleceu no passado dia 17 de agosto. O artista fê-lo através de um emotivo texto partilhado na sua conta de Twitter.

Na mensagem, Jonathan refere que, ao longo da última década, a antiga companheira sofria de uma "doença mental grave" que tinha como "efeito secundário o abuso de drogas".

"Amava-a com todo o meu ser", frisou logo de seguida. "Quando era ela mesma, era uma mulher fantástica, uma mãe fantástica e uma amiga fantástica", acrescentou.

Deven morreu no mesmo dia em que Jonathan avançou com uma providência cautelar para garantir o afastamento dos filhos, devido ao consumo de drogas.

"Tentei esconder o que se passava para protegê-la, mas sinto que, devido a esta tragédia, está na hora de partilhar a verdade. Ela é a razão pela qual tenho apoiado aqueles que sofrem de doenças mentais. Se conhecerem alguém assim, revelem compaixão e empatia", continuou.

Jonathan termina a sua mensagem com emotivas palavras onde expressa as saudades que já sente da companheira. "Dava tudo para tê-la de volta. Dava tudo para os meus filhos terem a mãe de volta. Conforta-me saber que ela finalmente se libertou da sua doença e está em paz. Nunca vou amar ninguém como te amei e nunca ultrapassarei a perda. Vou fazer tudo o que puder para ensinar aos nossos miúdos o caminho certo, os valores morais que querias que eles tivessem. Um dia estarei ao teu lado", rematou.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.