Esta segunda-feira, dia 3, Joana Diniz esteve à conversa com Fátima Lopes onde recordou a turbulenta fase por que passou a partir do dia em que descobriu que estava grávida.

A ex-concorrente da 'Casa dos Segredos' revelou que na altura já estava separada do pai da filha, o treinador Igor Sanchez, pelo que contou apenas com a ajuda preciosa da mãe e de uma amiga.

"Só engordei cinco quilos, não comia porque não conseguia", afirmou, lembrando a luta da mãe na mesma altura contra um cancro da mama.

"A Valentina nasceu com 34 semanas. Tive uma gravidez extremamente nervosa e com muita ansiedade. Se não tivesse ido ao hospital o mais provável era que a minha filha não estivesse cá", lembra, sublinhando que a menina acabou por passar quase um mês na neonatologia.

Embora que de forma bastante breve, Joana ainda comentou a ausência do progenitor de Valentina, antes denunciada pela sua mãe. "Faz o papel dele de progenitor de alguma forma. Mas eu sou mãe e pai", esclareceu.

Leia Também: Após assumir novo amor, Joana Diniz celebra data importante com a filha

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.