Fernando Ramales, fotógrafo nova-iorquino, decidiu avançar com um processo judicial contra Jennifer Hudon por esta ter utilizado uma imagem da sua autoria na sua página de Instagram.

De acordo com o fotógrafo, a cantora não pediu autorização para utilizar a imagem captada a 21 de dezembro do ano passado.

Na publicação feita nas redes sociais, a mesma imagem surge com as marcas de água desfocadas, com a legenda: “Como eu saí de 2019 para entrar em 2020… Tão grata como era possível estar! Obrigado a Deus por tudo o que fizeste por mim! Espero que todos vocês possam encontrar alguma fonte de alegria no novo ano!”. Ao dia de hoje, a foto continuava publicada na conta de Instagram de Hudson.

Segundo o portal Page Six, Ramales exige 175 mil dólares pela violação dos direitos de autor, valor ao qual acrescem ainda as despesas judiciais que tem tido com o seu advogado.

Leia Também: Jennifer Lopez processada após alegado roubo de imagem de fotógrafo

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.