O príncipe Harry foi escolhido para escrever o prefácio de um livro destinado a crianças que perderam pai, mãe ou um ente querido durante a pandemia de Covid-19. O marido de Meghan Markle disse 'sim' ao convite e usou a sua experiência pessoal para passar uma mensagem a todos os que sofrem com a dor da perda.

A mãe de Harry, a princesa Diana, morreu num acidente de carro em 1997. É sobre a dor de perder um grande pilar muito novo, no seu caso com apenas 13 anos, de que o príncipe nos fala.

"Quando eu era criança perdi a minha mãe. Na época eu não queria acreditar ou aceitar, e isso deixou um enorme buraco dentro de mim. Sei como te sentes e quero garantir que com o tempo esse buraco será preenchido com amor e apoio. Todos nós lidamos com a perda de uma maneira diferente", começa por ler-se na mensagem.

O livro chama-se Hospital by the Hill e será lançado para coincidir com o Dia Nacional de Reflexão da Grã-Bretanha, no dia 23 de maio, e será gratuito para qualquer criança ou jovem que tenha sofrido a perda de alguém na sequência da Covid-19.

"Podes sentir-te sozinho, pode sentir-te triste, podes sentir-te com raiva, podes sentir-te mal. Esses sentimentos vão passar", garante o príncipe, aconselhando todos os que sofrem com as suas perdas a falarem sobre o que sentem para no futuro conseguirem ultrapassar a dor e, tal como ele, aprenderem a superá-la.

Leia Também: Júlia Pinheiro chegou a casa "destroçada" mas tudo mudou com esta notícia

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.