Adele já tinha tido problemas (com a afinação) da sua performance no ano passado e, este ano, deparando-se com um engano na letra e com a responsabilidade de prestar tributo ao cantor George Michael, não esteve com meias medidas: parou a música no início e pediu para voltar a começar, em direto.

“Desculpem, f*** tudo. Eu sei que estamos em direto, mas temos que parar. Desculpem por dizer uma asneira, mas não podemos continuar. Não posso estragar isto para ele [George Michael]”, afirmou a cantora, visivelmente afetada pela falha, como pode ver no vídeo acima.

O público presente no Teatro Microsoft de Los Angeles, Califórnia, não ficou indiferente à tormenta de Adele e houve quem se levantasse para bater palmas. No final, recebeu uma ovação, tanto do público, como da internet.

Quem também não teve grande sorte nesta 59.º edição dos Grammy foi James Hetfield, vocalista dos Metallica. Quando 'Moth Into Flame' começou só se ouviu a voz de Lady Gaga, com quem fazia um dueto. O microfone de Hetfield não funcionava. Veja abaixo.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.