Marta Gil assume-se como uma pessoa "muito viciada em café", motivo pelo qual foi uma das caras conhecidas a marcar presença na última quinta-feira, dia 8 de abril, no lançamento de um novo sistema de extração das máquinas Nespresso.

Pouco mais de um mês depois de ter terminado a sua aventura como concorrente do 'Big Brother Famosos', a atriz conversou com o Fama ao Minuto sobre como tem corrido a vida fora da casa mais vigiada do país.

"Está a correr muito bem. Agora estou noutro papel, que é um papel que não é tão difícil como estar dentro da casa, porque estar dentro da casa é único e não há igual", realça, referindo-se à sua nova missão como comentadora residente nas galas no 'BB Famosos'.

Na pele de comentadora, substituindo o lugar anteriormente ocupado por Ana Garcia Martins, Marta tem experienciado várias emoções. "Tem dias bons, tem dias maus, há galas que correm muito bem e há outras em que digo coisas que, se calhar, o público não quer tanto ouvir", nota.

"É toda uma experiência, estou a aprender ao longo do tempo, estou também a aprender que as palavras têm muito peso e que, às vezes, é melhor respirar duas vezes e não ser tão emotiva como sou a falar... mas não quero deixar de ser eu. Estou a tentar encontrar um equilíbrio, ainda", refere, explicando que também as emoções que tem recebido por parte de espetadores, seguidores e fãs do programa se dividem.

"Tenho recebido muito amor e também recebo muitas cosias más, mas isso é o que já estava à espera. Quem vai para um 'Big Brother' tem de estar preparado para receber o melhor e o pior", afirma, convicta de que tem lidado bem até com as críticas mais inflamadas.

"Lido muito bem [com as críticas], só não lido bem quando percebo que existe um certo fanatismo sobre determinados concorrentes, ou quando o fanatismo sobre os concorrentes se transforma a destilar maldade sobre os outros. Isso a mim é que me faz um bocado de confusão, até porque acho que todas aquelas pessoas que estão dentro da casa são muito decentes e muito sensatas. Olho para aquelas pessoas e penso, como é que estas pessoas estão a ter determinado tipo de fãs à volta delas? Acho que eles próprios quando saírem não se vão rever naquilo", lamenta, realçando aquilo que na sua opinião é o pior dos reality shows.

Tendo Marta terminado recentemente a sua participação no 'BB', quisemos saber se a atriz acha que ainda existe preconceito em relação a este género de programas... e a resposta saiu certeira e sem hesitações.

"Tenho a certeza que ainda existe preconceito, tenho a certeza absoluta. Não vou agora fingir, lá porque entrei num reality show, que isto passou e está totalmente diferente. Não está nada diferente, há sim no meu meio, de atores, uma abertura um bocadinho maior de olharem e perceberem que até foi uma experiência fixe. 'Não era capaz de ir, mas foi fixe e gostei de ver'", refere, explicando que às reações positivas juntam-se as de quem promete nunca mais ver um programa como este.

"Tenho muitos amigos, que são do meio artístico, que dizem: 'Marta, foi giro mas nunca mais vou ver um programa daqueles. Vi porque estavas lá.' Oiço muito isto, vi porque estavas lá", conta, convicta de que o preconceito vai ainda durar "muito tempo". "[...] nem que seja porque isto se chama reality show e, a partir do momento que há ali a palavra reality, aquela coisa do show da vida real, faz logo com que as pessoas fiquem de pé atrás", defende.

Marta não tem dúvidas de que é bastante mais fácil desempenhar um papel enquanto atriz, "com um guião", do que entrar um programa de televisão e viver o real. Ainda assim, a sua experiência é 100% positiva e, garante, só lhe trouxe "coisas boas".

"Eu não iria para o 'Big Brother' a duvidar do que me poderia trazer, claro que antes duvidei, mas a partir do momento que decidi entrar entrei 100% a pensar: isto daqui só podem vir coisas boas. E não estou nada arrependida, foi a melhor coisa que fiz. Foi uma experiência inacreditável e agora estou pronta para outros desafios", diz, desvendando que tem já novos projetos em vista.

"Vão haver coisas. Não posso falar sobre elas, mas vão haver de certeza", promete, referindo-se, ao que tudo indica, a projetos relacionados com a representação.

Leia Também: "Estou a fazer uma pausa [na televisão] porque sentia essa necessidade"

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.