Manuel Luís Goucha recebeu no seu programa das tardes da TVI uma convidada que sofreu a dura perda de um filho. O apresentador emocionou-se com o testemunho de Rosalina e foi de lágrimas nos olhos que apelou ao aumento dos dias de luto para os pais.

"O tempo não apaga, não ajuda e o luto não se estingue, por isso é que não faz sentido uma lei que faz com que os pais, as mães, em luto tenham de regressar ao trabalho cinco dias após as cerimónias fúnebres", começa por lamentar o rosto da TVI, que em seguida apelou à assinatura de uma petição que pretende a alteração da legislação.

"Há uma petição, promovida pela Associação Acreditar, associação de pais e amigos de crianças com cancro, que pretende alargar este prazo para 20 dias... e 20 dias continua a não ser nada", defende Manuel Luís Goucha.

Saiba mais aqui sobre esta petição e perceba como pode assiná-la.

Leia Também: Manuel Luís Goucha mostra o marido nas vindimas do Douro

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.