Foi em janeiro de 2008 que se estreou na maternidade, quando nasceu a pequena Matilde, fruto do primeiro casamento com Mário Franco. Onze anos depois, Lúcia Garcia voltou a ser mãe, em março do ano passado, de mais uma menina, Maria Clara, a primeira filha em comum com Bruno Aguiar.

Em conversa com o Fama ao Minuto - durante o workshop dedicado ao momento da muda da fralda, organizado pela Dodot em parceria com a Associação Portuguesa de Apoio ao Bebé Prematuro - a ex-manequim falou abertamente sobre os desafios da maternidade.

“11 anos depois fui mãe. É um desafio maravilhoso. Adoro ser mãe. Por mim não ficava por aqui. Iria ter mais filhos no futuro. Mas os meus 27 anos são diferentes dos meus 37. Porque ser mãe com 37 o não dormir já é um peso maior. Eu com 27 se calhar não dormia e tudo bem. Hoje em dia se não dormir e tenho que trabalhar durante o dia é um bocadinho mais desgastante. Mas depois eles acordam, sorriem, dizem ‘mamã’, abraçam e tudo compensa”, disse, confessando logo de seguida que não se importava de ter um menino, algo que ainda não sabe se poderá vir a acontecer ou não.

Gostava muito de ter um menino, mas adoro meninas. São super vaidosas, dão imenso trabalho e há aquelas fases do armário… É maravilhoso. Adoro ser mãe de meninas e acho que nasci para ser mãe. Gosto imenso”, frisou.

Sobre a relação entre as irmãs, Lúcia garantiu que as meninas “dão-se super bem”. “A pequenita é um bocadinho reguila. Quando dou beijinho à mana ela vem logo a correr e afasta-nos. Mas acho que é uma coisa normal nos irmãos e é saudável. Nada que me deixe ficar alarmada”, rematou.

Recorde-se que Bruno Aguiar também já é pai de Rodrigo, fruto da relação anterior com Vanessa Rebelo, atual companheira de Simão Sabrosa.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.