Dânia Neto é a capa de Junho da “Playboy” portuguesa, numa produção em que mostra apenas um bocadinho mais do que Rita Pereira, a estrela do número anterior da renovada revista masculina.

Muito sedutora, a atriz não aparece em nu integral (longe disso…) e a sua maior cedência foi mostrar, pela primeira vez, o seu belo peito.

Na entrevista que acompanha as fotos, Dânia, que está oficialmente solteira há três anos, revela o perfil do homem que procura: “Não procuro uma beleza equiparada à minha. Procuro um homem que me trate bem, acho que isso é o mais importante, que goste de mim na mesma proporção de que eu goste dele, e que haja afinidade entre nós. Não procuro um Brad Pitt, mas se aparecer…óptimo! Se não aparecer, mesmo baixo, gordo e careca, desde que eu goste dele e ele de mim.”

Dânia revela, ainda, que mantém a boa forma através de duas idas semanais ao ginásio, drenagens linfáticas e massagens de relaxamento.

O que ela não revela mesmo é o valor do “cachet” que a “Playboy” lhe pagou. Mas não se queixa: ““Se ia expor o meu corpo de uma forma como nunca havia feito, o trabalho tinha de ser bem pago, como é óbvio”, disse ela.

A “Playboy”, com novos editores e nova filosofia editorial, regressou às bancas nacionais no passado mês de Maio com Rita Pereira na capa - uma produção muito criticada pelo excesso de roupa da atriz.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.