Cristiano Ronaldo estará disposto a sofrer uma grande perda com a venda do apartamento na Trump Tower.

De acordo com o New York Post, como cita a Vanity Fair, o craque português comprou o luxuoso imóvel em 2015 pelo valor de 18,5 milhões de dólares (cerca de 15 milhões de euros). Uma habitação com três quatros e três casas de banho que agora está à venda por menos de metade do preço.

Inicialmente, CR7 terá colocado à venda o apartamento no valor de 9 milhões de dólares (mais de sete milhões de euros). No entanto, devido à pandemia e à falta de ofertas, Ronaldo terá descido o preço para os 7,75 milhões de dólares (cerca de seis milhões de euros).

A Vanity Fair recorda ainda que em 2017, quando Donald Trump se tornou presidente dos Estados Unidos, foi criada uma petição para o futebolista deixar o apartamento. Seja por pressão dos seguidores ou pelo facto de viver atualmente em Itália, estando a jogar na Juventus, tudo indica que Cristiano quer agora vender a habitação.

Leia Também: Vídeo. Dolores Aveiro mostra festejos da vitória de Portugal

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.