Luísa Castel-Branco lança esta sexta-feira, dia 20, o seu novo livro, 'Quando eu era pequenina'. Cláudio Ramos foi um dos privilegiados que teve acesso à obra antes de esta estar disponível para venda e confessou que se comoveu com as revelações da amiga.

"O novo livro da Luísa é a prova que nunca conhecemos as pessoas como achamos que as conhecemos. Mesmo que estejam na nossa vida há décadas, como é o caso. Confesso que ao ler partes desta partilha generosa, que Ela faz, senti-me esmurrado algumas vezes. Muitas vezes. É seguramente a partilha mais crua e nua da Luísa com o seu público. Eu sou dos que acha que só assim vale a pena. E este livro vale muito a pena", escreveu o apresentador na sua página de Instagram na noite desta terça-feira.

Quando apresentou a nova obra aos leitores, Luísa Castel-Branco já tinha desvendado que a carga emotiva do livro foi resultado de um processo de escrita "doloroso", mas que "ao mesmo tempo foi como ter feito uma terapia de sentimentos e lágrimas".

Leia Também: "Foi doloroso": Luísa Castel-Branco conta a sua história em livro único

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.