Halsey decidiu também destacar o seu lado solidário nesta fase difícil e doou 100 mil máscaras a profissionais de saúde para ajudá-los no combate da pandemia do novo coronavírus.

A cantora, de 25 anos, comprou o referido equipamento uma vez o mesmo está em falta para os profissionais que estão na linha da frente a cuidar das pessoas infetadas com Covid-19.

Numa mensagem publicada nas redes sociais, Halsey começou por dizer: "Todos os dias admiro os profissionais de saúde que estão na linha da frente. A determinação, altruísmo e empatia são o maior exemplo da nossa capacidade de amar e sobreviver".

A partilha seguiu-se com a artista a destacar o quanto é sortuda por poder ficar em casa em isolamento social, sem "sentir-se obrigada a sair de casa para ir trabalhar, ter algum membro da família doente para cuidar, uma criança para alimentar ou enfrentar uma crise financeira".

"Por isso, tentei encontrar uma maneira de fazer a diferença e comprei 100 mil máscaras certificadas pela Food and Drug Administration (FDA). Estas máscaras serão distribuídas pelo Cedars-Sinai Medical Center, Providence Saint Joseph, LAC+USC Medical Center, e Martin Luther King Jr. Community Hospital, para os profissionais de saúde e os restantes funcionários dos hospitais que estão a trabalhar para acabar com esta pandemia e ajudar milhões de pessoas que nunca vão conhecer", disse.

Antes de terminar, Halsey apelou ainda para que todos os que puderem ficarem em casa. "Se estiver na linha da frente, o meu coração está consigo. E continuarei a lutar para ajudá-lo a conseguir apoio e os recursos necessários", frisou.

Veja a publicação na íntegra:

Leia Também: Penélope Cruz e Javier Bardem doam luvas e máscaras a hospital

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.