O cantor Willie Nelson preparar-se para falar sobre a sua vida na autobiografia 'Me and Sister Bobbie: True Tales of the Family Band', onde confessa publicamente que traiu as ex-mulheres.

Ao recordar o segundo casamento, com Shirley Collie, o artista revela que a antiga companheira descobriu a traição pelo correio, depois de receber uma conta de um hospital de Houston.

"Tentei fingir que não era uma grande coisa", escreve Willie. "Disse-lhe que tive de ir ao hospital por causa de algo que não era muito importante. A Shirley não estava a acreditar nisso por uma razão muito simples. O documento dizia que era por causa do nascimento de uma menina, Paula Carlene, filha de uma Sra. Connie Nelson", explica.

Shirley ficou curiosa para saber quem era a Sra. Connie Nelson. "Não consegui mentir", lembra o cantor, citado pelo Page Six, referindo que acabou por contar, na altura, que namorava com Connie e que tinham tido uma filha, Paula.

O cantor casou-se com Connie Kopek em 1971, no mesmo ano em que se divorciou de Shirley. "Estraguei outro casamento", admitiu.

Em meados dos anos 80, apaixonou-se por Annie Marie D'Angelo. "O meu amor pela Annie era grande, mas não foi fácil conquistá-la. Ela tinha de ter a certeza que o meu casamento tinha acabado e que eu era realmente livre", contou.

"Mas casar com a Annie não foi nada complicado. Foi a coisa mais inteligente que já fiz. Posso dizer isto porque, trinta e quatro anos depois, ainda estamos juntos e fortes", afirmou.

Recorde-se que Nelson tem sete filhos, frutos dos quatro casamentos.

Leia Também: O reencontro de Jennifer Aniston e Brad Pitt que levou os fãs à 'loucura'

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.