A cantora Britney Spears, de 26 anos, foi autorizada a ter contacto por telefone com os seus filhos, mas não poderá vê-los. É o que dizem os documentos judiciais divulgados hoje sobre a batalha legal que a ex-rainha do pop mantém pela custódia de Jayden James e Sean Preston.

"Ela terá contacto telefónico com as crianças, mas o restante das ordens judiciais se mantém em vigor", diz o documento assinado pelo juiz de Los Angeles Scott Gordon. A cantora está impedida de ver Preston, de dois anos, e Jayden, de um, há um mês, depois de se enclausurar em casa com o filho mais novo e de ter sido internada em seguida num hospital de Los Angeles.

Na última noite, Britney foi apanhada a chorar desolada à porta da sua casa, em Los Angeles. Entre lágrimas e soluços, murmurava que queria ter os filhos de volta. Segundo o tablóide inglês Daily Mail, a cantora saiu do carro do seu amigo e empresário, Sam Lufti, sentou-se no passeio, tirou os sapatos e abriu a torneira do choro, sempre agarrada ao seu cão.

Os fotógrafos, assustados com a cena, perguntaram a Britney se ela estava bem. A resposta deixou-os ainda mais preocupados: "Estou óptima. Só estou a desfrutar de algum tempo com o meu cãozinho."

Pouco antes da choradeira, durante o programa "The View", da cadeia de televisão americana ABC, a jornalista Barbara Walters disse que recebeu um telefonema de Sam Lufti a informar que Britney estava a procura de ajuda psiquiátrica. A cantora sofre de mudanças drásticas de humor e insónia.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.