Oritse Williams e o amigo Jamien Nagadhana estão a ser acusado de abusar de uma jovem de 20 anos, depois de um espetáculo em Wolverhampton, em dezembro de 2016. No entanto, ambos negam as acusações.

O representante das autoridades de West Midlands confirmou que o ex-vocalista da banda JLS foi acusado de violação e o amigo de agressão sexual.

“A polícia acusou dois homens de crimes sexuais, depois de ter recebido uma acusação de violação num hotel em Wolverhampton, em dezembro de 2016”, disse.

Alegadamente, os crimes ocorreram depois da mulher e uma amiga terem sido convidados para ir ao hotel, após o concerto ter chegado ao fim.

Segundo contou uma fonte ao The Sun, na altura a "polícia foi chamada ao local e Williams foi preso".

Após ter sido levado pelas autoridades, a sua agência divulgou um comunicado onde negou as acusações, acrescentando que o caso estava “nas mãos da polícia”.

Newsletter

Receba o melhor do SAPO Lifestyle diariamente no seu email.

Notificações

Os temas mais inspiradores e atuais estão nas notificações do SAPO Lifestyle.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.