A decisão permaneceu desconhecida até ao momento. Apenas dois dias antes de começarem as aulas na Dinamarca, a casa real comunicou quais as escolas que foram escolhidas para os príncipes Christian e Isabella.

Os filhos dos reis da Dinamarca decidiram abandonar o seu antigo colégio, Herlufsholm, depois de ter sido emitido um documentário onde vários ex-alunos denunciavam situações de bullying, humilhações e agressões no local.

“Depois das deliberações feitas pela família do príncipe herdeiro este verão, tomou-se a decisão que o príncipe Christian ingresse em Ordrup Gymnasium, Gentofte (escola secundária pública frequentada por 800 estudantes) e que a princesa Isabella comece o nono ano em Gymnasieskole de Ingrid Jespersen (uma escola privada que se orgulha de ter uma estratégia contra o assédio) em Copenhaga”, informa-se.

Leia Também: Príncipes da Dinamarca decidem tirar filhos de colégio após escândalo

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.