Amber Rose mostrou recentemente nas redes sociais o presente que Taylor Swift enviou para o seu filho, o pequeno Sebastian, de cinco anos.

A artista ofereceu-lhe bilhetes para o seu espetáculo, deixando o menino muito feliz.

No entanto, depois de Amber ter partilhado esse momento com os seus seguidores, muitos internautas criticaram o seu filho, chamando-o de “gay” por causa de gostar de Taylor Swift.

Comentários que mereceram a resposta da modelo, como adianta a revista People. “Um obrigado a todos os homens super masculinos e às mulheres ignorantes e burras capazes de chamar gay a uma criança que goste de Taylor Swift", ironizou.

"É por isto que as crianças se matam e é também por isto que a nossa sociedade está tão lixada. Gostar de um estilo de música não vai influenciar a tua escolha sexual, seus idiotas. Nós deixamos que ele seja ele mesmo. Pode ouvir qualquer música que goste, pode gostar da cor que quiser”, acrescentou Amber Rose, referindo que o filho “foi aceite na maior e prestigiada escola de Los Angeles por ser inteligente e criativo como os pais”.

Mas a manequim não ficou por aqui. “Ele também tem mais dinheiro na conta bancária do que qualquer um de vocês possa imaginar. Vamos fazer o melhor pela próxima geração. Ensine o seu filho a amar e não a odiar. Independentemente de ele ser gay ou homossexual, quando for mais velho estará entre as pessoas mais incríveis que vão apoiá-lo, aconteça o que acontecer”, rematou.

Recorde-se que o pequeno Sebastian é fruto da relação de Amber Rose com Wiz Khalifa.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.