Ainda faltam algumas semanas para o príncipe George regressar à escola, no entanto, e conforme adianta a imprensa internacional, este ano vai ser diferente. Em 2017, o Príncipe chegou à escola acompanhado pelo pai, William, numa chegada que foi devidamente registada pelos fotógrafos e jornalistas.

No entanto, no próximo mês de setembro é expectável que o menino não vá ser alvo da mesma atenção mediática. Para além disso, este ano irá ter uma apoiante de peso – a sua mãe, Kate Middleton. Se bem se recorda, no ano passado, Kate não conseguiu estar presente por causa dos enjoos derivados da sua gravidez do príncipe Louis, irmão mais novo de George.

Sabe-se que na altura Kate tentou compensar o menino ao máximo mantendo um rotina normal e levando-o todos os dias à escola. Surpreendentemente, a duquesa de Cambridge apenas ‘falhou’ uma vez após dar à luz o filho Louis.

É importante realçar que o menino de cinco anos irá muito mais confiante para a escola desta vez, na medida em que já conhece os seus colegas de turma e ainda a professora.

Um bocadinho de gossip por dia, nem sabe o bem que lhe fazia.

Subscreva a newsletter do SAPO Lifestyle.

Os temas mais inspiradores e atuais!

Ative as notificações do SAPO Lifestyle.

Não perca as últimas tendências!

Siga o SAPO nas redes sociais. Use a #SAPOlifestyle nas suas publicações.